Skip to content

Back on top


Depois de revés em etapa anterior, Thiago Barbosa volta a vencer

GRAB_082

Por Vinicius Vianna

Hockenheim já não conta com o desafio dentro da Floresta Negra, mas mesmo em uma versão abreviada, continua sendo um celeiro de boas disputas e corridas emocionantes. Thiago Barbosa (Sinister Project) voltou a vencer depois dos infortúnios da etapa anterior e a dupla da WR fechou o pódio com Igor César e Wesley Rocha, respectivamente.

Buscando a pole, o #413 logo cravou o melhor tempo com pouco menos de 3 minutos de classificação, mas Rafa Souza (Marsch) tomou-lhe a posição de honra no minuto seguinte. Na largada, um pequeno incidente na temida curva 1 deu o tom de que o traçado alemão seria impetuoso com os pilotos. E foi com o líder: o #118 acabou passando do ponto, sendo superado por Rocha ainda antes do término da primeira volta. As disputas não se concentravam somente nas primeiras posições: Pela 8ª colocação, Elvis Lima (W3Race), Filipe Campos (Black Potatoes), Rafael Santucci (Scuderia Maserati) e Guilherme Irmão (Potatoes Racing) se digladiavam no miolo em busca de melhores colocações, próximo aos 10 minutos iniciais da etapa.

Na ponta da prova, César aproveita um deslize de Souza no hairpin e assume a segunda colocação na marra. Barbosa aproveita o momento e sobe para a 3ª posição deixando o #118 em 4º.  Com ritmo melhor, logo o #33 assume a ponta. Já Rocha se encaminha aos boxes para realizar a troca de pneus com 14 voltas completadas. Souza, depois de um toque em Barbosa no hairpin também vem a box trocar os pneus na volta seguinte, acompanhando o #33. Próximo a metade da etapa, César tenta assumir a segunda colocação sobre Guto Rodrigues, que bravamente resiste com os pneus absurdamente desgastados, mas acaba sucumbindo na freada da Mercedes. Enquanto isso, Barbosa finalmente para, após largar com os pneus macios.

Na saída de box, o #413 volta em disputa intensa com Rocha. Souza que vinha próximo tenta se aproveitar da disputa e os 3 pilotos aparecem separados por menos de 0.5 segundo. O piloto da WR acaba escorregando na saída da Sachs e caindo para a 3ª colocação.  Com o caminho livre, Barbosa se aproxima de César e acaba o superando no hairpin próximo aos 25 minutos finais. Na briga pela 3ª posição, Souza supera Rocha.  Com 20 minutos para o encerramento a dupla da WR vem a box para a parada final. Com 15 minutos para o encerramento Rocha tenta superar Rodrigues novamente na Mercedes, mas acaba espalhando, o que permite que Souza assuma a 4ª colocação, passando ambos, mas pouco desfrutou. Na entrada da Sachs, o #118 passou do ponto e bateu forte conta o muro.

Próximo dos 10 minutos finais, Barbosa faz sua parada derradeira, voltando na segunda colocação, muito próximo a César que assume a liderança temporária.  O #413 tentou retomar a ponta, mas o #33 se defendeu magistralmente. Na volta 39 a defesa foi impossível: Com o uso do DRS, Barbosa reassumiu a liderança, rumando para sua 3ª vitória na temporada.

Na coletiva, Rocha destacou que ainda estão buscando a melhora a cada etapa. O piloto destacou que esperava um ritmo forte de Barbosa no final da etapa e também as disputas que teve com Rodrigues e Souza. César também destacou a evolução da equipe, que a cada etapa se aproxima mais dos adversários e finalizou enaltecendo a disputa com o vencedor da etapa. Barbosa encerrou a coletiva dizendo que foi uma vitória especial, fruto de uma estratégia bem montada, largando com os pneus macios. O piloto ainda confidenciou que esperava um comportamento diferente dos pneus na etapa.

Os pilotos entram pela reta final do campeonato disputando em dois templos do automobilismo: Em verdadeiras pistas de corrida, onde a alta velocidade impera. A primeira parada será dia 01/08, na velocíssima Spa-Francorchamps onde além do desafio contra os adversários, os pilotos são constantemente postos a prova nas subidas e decidas do traçado belga.

Assista o VT completo da etapa:

Resultado da classificação:

Pos. Piloto Piloto Classif. Tempo Q1 posição Qual1 tempo Q2 posição Qual2 tempo Q3 posição Qual3 tempo Peso
1
Brazil
Rafa Souza Rafa Souza 1 1:14.886 1 1:14.886
2
Brazil
Wesley Rocha Wesley Rocha 2 1:14.986 2 1:14.986
3
Brazil
Igor Cesar Igor Cesar 3 1:15.048 3 1:15.048
4
Argentina
Thiago Barbosa Thiago Barbosa 4 1:15.052 4 1:15.052
5
Brazil
Guto Rodrigues Guto Rodrigues 5 1:15.168 5 1:15.168
6
Brazil
Romulo Silveira Romulo Silveira 6 1:15.176 6 1:15.176
7
Brazil
Rafael Santucci Rafael Santucci 7 1:15.308 7 1:15.308
8
Brazil
Anderson Roberto Anderson Roberto 8 1:15.361 8 1:15.361
9
Syria
Marcio Abduch Marcio Abduch 9 1:15.654 9 1:15.654
10
Brazil
Guilherme Irmão Guilherme Irmao 10 1:15.656 10 1:15.656
11
Brazil
Wesley Batista Wesley Batista 11 1:15.706 11 1:15.706
12
Brazil
Elvis Lima Elvis Lima 12 1:15.848 12 1:15.848
13
Brazil
Diego Said Diego Said 13 1:15.921 13 1:15.921
14
Brazil
Fabio Muniz Fabio Muniz 14 1:16.092 14 1:16.092
15
Brazil
Filipe Campos Filipe Campos 15 1:16.102 15 1:16.102
16
Brazil
Elon Gomes Elon Gomes 16 1:16.283 16 1:16.283
17
Brazil
Rodrigo Laurito Rodrigo Laurito 17 1:16.545 17 1:16.545
18
Brazil
Algrans Junior Algrans Junior 18 1:16.586 18 1:16.586
19
Brazil
Helber Oliveira Helber Santos 19 1:16.592 19 1:16.592
20
Brazil
Wagner Vezzali Wagner Vezzali 20 1:16.682 20 1:16.682
21
Brazil
Tiago Carvalho Tiago Carvalho 21 1:16.843 21 1:16.843
22
Brazil
Vinicius Vianna Vinicius Vianna 22 1:17.266 22 1:17.266
23
Brazil
Lupo Forati Lupo Forati 23 1:17.745 23 1:17.745
24
Brazil
Fabio Vasconcelos Fabio Vasconcelos 24 1:18.947 24 1:18.947
25
Brazil
Sandro Lima Sandro Lima 25 1:19.481 25 1:19.481
Brazil
Felipe Giro Felipe Giro

Resultado da corrida:

Pos. Piloto Piloto Grid Classif. Tempo M.Volta Consist. Voltas Pits Status Peso Penal. Bonus Pont.
1
Argentina
Thiago Barbosa Thiago Barbosa 4 4 1:15.052 1:15.717 01.842 46 2 1:00:28.547 60
2
Brazil
Igor Cesar Igor Cesar 3 3 1:15.048 1:16.309 01.771 46 2 +03.568 52
3
Brazil
Wesley Rocha Wesley Rocha 2 2 1:14.986 1:17.180 01.590 46 1 +23.168 45
4
Brazil
Guto Rodrigues Guto Rodrigues 5 5 1:15.168 1:17.935 01.614 46 1 +31.530 40
5
Syria
Marcio Abduch Marcio Abduch 9 9 1:15.654 1:17.094 02.053 46 2 +40.519 36
6
Brazil
Rafael Santucci Rafael Santucci 7 7 1:15.308 1:17.358 02.252 46 2 +57.299 33
7
Brazil
Fabio Muniz Fabio Muniz 14 14 1:16.092 1:18.195 02.729 45 3 +1L 30
8
Brazil
Guilherme Irmão Guilherme Irmao 10 10 1:15.656 1:18.275 03.416 45 2 +06.109 +1L 27
9
Brazil
Wagner Vezzali Wagner Vezzali 20 20 1:16.682 1:17.933 02.619 45 2 +18.137 +1L 24
10
Brazil
Lupo Forati Lupo Forati 23 23 1:17.745 1:18.877 02.734 45 1 +34.046 +1L 21
11
Brazil
Elvis Lima Elvis Lima 12 12 1:15.848 1:18.042 05.687 44 5 +2L 18
12
Brazil
Elon Gomes Elon Gomes 16 16 1:16.283 1:18.871 05.283 44 2 +14.542 +2L 15
13
Brazil
Helber Oliveira Helber Santos 19 19 1:16.592 1:17.773 09.235 43 8 +3L 12
14
Brazil
Vinicius Vianna Vinicius Vianna 22 22 1:17.266 1:17.995 07.309 43 3 +47.787 +3L 9
15
Brazil
Rafa Souza Rafa Souza 1 1 1:14.886 1:17.116 02.153 32 2 Acidente 6
16
Brazil
Wesley Batista Wesley Batista 11 11 1:15.706 1:19.048 09.966 24 1 Acidente 5
17
Brazil
Filipe Campos Filipe Campos 15 15 1:16.102 1:19.573 19.180 15 3 Abandono 4
18
Brazil
Algrans Junior Algrans Junior 18 18 1:16.586 1:20.760 24.614 9 1 Acidente 3
DNC
Brazil
Tiago Carvalho Tiago Carvalho 21 21 1:16.843 1:18.669 00.759 12 Suspensão Pit DQ
DNC
Brazil
Fabio Vasconcelos Fabio Vasconcelos 24 24 1:18.947 1:21.709 03.589 6 Suspensão Pit DQ
DNC
Brazil
Anderson Roberto Anderson Roberto 8 8 1:15.361 1:18.796 03.486 3 Abandono Pit DQ
DNC
Brazil
Rodrigo Laurito Rodrigo Laurito 17 17 1:16.545 1:20.054 06.889 2 Acidente Pit DQ
DNC
Brazil
Diego Said Diego Said 13 13 1:15.921 1:41.918 1 Abandono Pit DQ
DNC
Brazil
Romulo Silveira Romulo Silveira 6 6 1:15.176 1 Abandono Pit DQ
DNC
Brazil
Sandro Lima Sandro Lima 25 25 1:19.481 Abandono Pit DQ
DNC
Brazil
Felipe Giro Felipe Giro
 –

Penalizações:

Wagner Vezzali
Tempo do replay: 208.000

1.1 Contato fazendo adversário rodar: acréscimo de 25 segundos no tempo final de prova, quando o piloto culpado pelo lance não completar a etapa a penalização será convertida em perda de 5 posições no resultado final, mantendo-se a penalização em segundos na carteira do piloto.

1.36 Incidentes ocorridos na primeira volta terão peso dobrado (x2).

Vinicius Vianna
Tempo do replay: 256.370

1.4 Contato que obrigue a execução de reparos: acréscimo de 25 segundos no tempo final de prova, quando o piloto culpado pelo lance não completar a etapa a penalização será convertida em perda de 5 posições no resultado final, mantendo-se a penalização em segundos na carteira do piloto.

1.36 Incidentes ocorridos na primeira volta terão peso dobrado (x2).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: