Skip to content

NEOBR fará migração total de suas categorias do GSCE para o Automobilista na T2/2016


Game Stock Car se despede da liga nesta temporada

12792187_10153975618877743_1038123719771930971_o

Seguindo um caminho natural de evolução, a NEOBR anuncia que utilizará o simulador Automobilista Motorsports Simulator na T2/2016. O novo game é uma evolução do Game Stock Car Extreme e foi disponibilizado gratuitamente para quem possuía o GSCE na Steam até o dia 5 de janeiro.

Com melhorias em relação ao simulador passado, a NEOBR espera extrair o máximo de simulação e elevar ainda mais a qualidade de seus serviços prestados. Todas categorias desta T1, até agora, estão confirmadas para a temporada seguinte, com algumas alterações.

NEOBR Turismo N1:

Segue utilizando o Stock Car V8, com a entrada da regra de limitação de no máximo 8 equipes com o mesmo modelo, para equilibrar assim o grid com Chevrolets e Peugeots.

NEOBR Turismo N2:

Deixa de utilizar o Copa Petrobras de Marcas para usar o Copa Montana, visando diminuir a diferença de condução de quem pretende migrar para a TN1. A categoria deve ser aos sábados, porém ainda não está confirmada, ficando dependendo que a Reiza lance o conteúdo em tempo hábil para a realização do campeonato.

NEOBR Fórmula N3:

Ganhará um novo formato com a adição do Dallara F301. O grid será dividido em duas classes, F3 A e F3 Light, assim como na Fórmula 3 real.

NEOBR GT3 Series:

Seguirá no mesmo formato atual de escolha de carros, com alteração apenas no calendário, que deve utilizar apenas as pistas oficiais da Reiza. A razão da mudança é buscar ter um campeonato seguro pelo menos nesse estágio inicial, já que o novo simulador traz elementos que as pistas atuais do GSCE não suportam adequadamente. Futuramente a categoria poderá voltar a correr em pistas internacionais.

NEOBR Marcas N1:

Esse será o novo nome da atual Turismo N2, que utiliza o Copa Petrobras de Marcas. A categoria terá adição dos novos Renault Fluence e Honda Civic, que irão deixar o grid que já conta com Chevrolet Cruze, Ford Focus, Toyota Corolla e Mitsubishi Lancer ainda mais belo. Assim como na GT3 e TN1, o número de equipes que poderão utilizar o mesmo carro será limitado a três, com a ordem de escolha definido pela classificação final do campeonato.

1 Comentário »

  1. Achei bastante bacana o formato da TN1, porém o fato do consumo de pneus e combustível ser normal (1x), acaba fazendo com que a corrida perca um pouco em emoção pois os pilotos conseguem fazer a corrida sem realizar ao menos uma parada. No meu ver, pelo menos um (combustível ou pneus) deveriam ter o desgaste dobrado (2x), para que fosse necessária ao menos uma parada na 1ª bateria. Acredito que assim as corridas ficariam mais emocionantes. Grande abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: