Skip to content

Avanti tifosi!


Armando Goñes vence e põe fim ao domínio da Sinister na categoria

Por Vinicius Vianna

Juntamente com a Grécia, a Itália é considerada um dos berços da civilização moderna. Seja pela história da sua capital, Roma, que chegou a ter um dos maiores impérios conhecidos ou seja pela importante fase Renascentista, onde mestres italianos como Da Vinci, Michelangelo, Maquiavel e Brunelleschi traçaram novos rumos em diversas áreas, desde as Belas Artes até as Ciências Políticas. E os ares da península devem ter feito bem aos integrantes da NF1, que tal qual os renascentistas, quebraram paradigmas que duravam algum tempo… quase 8 meses na verdade. Armando Goñes (Pegoraros) teve a “honra” de se tornar o primeiro piloto não-Sinister a vencer no ano, e parece ter deixado o trunfo para a “casa” da equipe. Em segundo Tiago Carvalho (Firehorse) que voltou ao pódio depois de um hiato desde seu campeonato no Formula 2. Fechou o pódio Beto Feler (Fly Racing) que pela 4ª vez esteve presente entre os 3 primeiros.

A pista é clássica e de alta velocidade. Monza é com certeza uma pista em que a ultrapassar nunca foi problema. Mesmo assim, ser o primeiro a chegar na Variante del Rettifilo é de suma importância. Sabendo disso, os pilotos se lançaram pelos 10 minutos de classificação em busca da pole position. O primeiro a ocupar o lugar de honra foi Feler, com 4 minutos de treino. Igor César (WR Racing) supera o piloto em 0.009s e assume a liderança restando 4 minutos para o término. Glauco Pessi, a 3 minutos do fim, põe a Marsch na liderança fica com a pole position. Na largada, embora complicada e com algumas aletas de carros aos céus, nenhum incidente mais sério na 1ª Variante. Pessi mantém a dianteira, com Feler em seu encalço. Carvalho é quem larga bem e já aparece em 4º, ganhando 3 posições. Rômulo Silveira (Sinister), que largava em 5, cai 10 posições. Mohamad Mourad (Sinister Project) também tem problemas no início da etapa e escapa na saída da Variante Ascari. O piloto atravessa na pista a frente de Silveira e Tiago Barbosa (Sinister), bate no guard-rail e fica sem a asa traseira.

César tenta superar Carvalho por fora na Variante del Rettifilo, logo após a abertura da volta 3, mas acaba ficando sem espaço. O piloto da WR acaba caindo para 7º após escapar na saída da 2ª Curve di Lesmo. Barbosa vinha tentando se recuperar e na abertura da volta 5 vinha pressionando Wesley Rocha (WR Racing). Na freada da 1ª Variante, o piloto da WR acaba perdendo o ponto de freada e vai para a área de escape. No retorno, acaba sendo acertado por Barbosa e rodando. O prejuízo ficou ainda maior quando Alexandre Santos (Firehorse) acabou batendo de frente com carro da WR, que caiu para uma distante 16ª posição. César que também tivera problemas, vinha em recuperação e assumiu a 11ª posição ao superar Eduardo Marques (Potatoes) na Variante Ascari. O piloto da Potatoes levou a pior, pois além de perder a posição, acabou rodando e perdendo mais colocações.

Na volta 14, Pessi vai a box realizar a troca de pneus e volta apenas na 11ª posição. Barbosa vinha na 5ª posição buscando superar Marcio Abduch (eXtreme Unicef). Na Curva del Serraglio o #413 tenta permanecer pelo lado de fora, mas acaba tocando a grama, perdendo o controle do carro e batendo violentamente no guard-rail perdendo as asas dianteira e traseira. Carvalho supera Feler na 1ª Variante e assume a 2ª posição próximo a metade da etapa. Feler tenta o troco na Variante della Roggia, mas o piloto da Firehorse se defende bem e começa a colocar Goñes na alça de mira. Mas a briga acaba não ocorrendo pois na volta 18, Carvalho vai a box realizar a troca dos pneus. Goñes, Feler e Silveira também fazem suas paradas na volta seguinte e com isso Carvalho assume a liderança.

Mais a trás, Fábio Muniz (Marsch Racing) supera Marques e assume a 11ª posição na exata metade da etapa.  A 10 voltas do fim, Goñes, que veio estudando o adversário desde o retorno da parada nos boxes, assume a liderança da etapa, usando do DRS na reta dos boxes e tomando a linha de dentro na Variante del Rettifilo. Carvalho tentou frear mais dentro da apertada chicane, mas Goñes ocupou bem o espaço. 5 voltas mais tarde, é a vez de Pessi buscar se recuperar, e o piloto assume a 6ª posição ao superar César na Variante Ascari. César tentou se recuperar na Parabolica, mas acabou ficando do lado de fora e teve que espalhar para a área de escape, evitando um contato maior com o piloto da Marsch.

E um forte acidente marcou a parte final da etapa: Santos, que vinha buscando se recuperar acabou tocando Rodrigo Figueira (Marsch) na Curva Bassiono, buscando uma ultrapassagem por fora. O resultado foi o abandono de ambos e um voo cinematográfico de Figueira. Enquanto Feler resistia aos ataques de Silveira, Goñes promoveu a alegria os tifosi, que na ausência da Ferrari, viram a Pegoraros ser a primeira a cruzar a linha de chegada.

Na coletiva, o sempre descontraído Feler declarou que foi uma ótima corrida e confirmou que optou por um acerto com pouca asa. O piloto ainda confessou que perdeu tempo nos boxes devido a danos que teve em pista. Carvalho também muito feliz com o bom resultado, disse que se considera um azarão, pois a equipe vem buscando uma melhor adaptação com o carro. O piloto finalizou dizendo que desde o início veio buscando aproveitar as oportunidades que foram aparecendo ao longo dos 60 minutos. Já Goñes, que até cogitou uma aposentadoria antecipada, também disse que não esperava a vitória na etapa. O piloto enalteceu as disputas que teve durante a corrida e agradeceu a equipe que trabalhou forte no desenvolvimento do carro.

Um palco abandonado pela F1 será responsável por dar números finais a categoria. Estoril será palco na final da NF1 e os 4.182m do traçado português consagrarão um novo campeão. Quem será o piloto a levantar a taça? Acompanhe ao vivo pela TV NeoBR no dia 10/08, as 22:00, a grande final da NF1.

Resultado da sessão classificatória:

Pos Driver Team Car Class Time Gap Laps Points
1 Glauco Pessi Marsch Team NF1 NF1 1:23.319 -:–.— 007 3
2 Armando Gones Pegoraros Racing NF1 NF1 1:23.524 0:00.204 007 0
3 Beto Feler Fly Racing NF1 NF1 1:23.598 0:00.280 006 0
4 Igor Cesar WR Racing NF1 NF1 1:23.604 0:00.286 008 0
5 Romulo Silveira Sinister Race Team NF1 NF1 1:23.738 0:00.420 007 0
6 Vagner Souza Fly Racing NF1 NF1 1:23.807 0:00.488 007 0
7 Tiago Carvalho FireHorse Racing NF1 NF1 1:23.898 0:00.579 007 0
8 Rodrigo Figueira Marsch Team NF1 NF1 1:23.930 0:00.611 005 0
9 Rodrigo Laurito FireHorse Racing NF1 NF1 1:24.119 0:00.801 007 0
10 Marcio Abduch eXtreme Unicef NF1 NF1 1:24.158 0:00.838 006 0
11 Wesley Rocha WR Racing NF1 NF1 1:24.273 0:00.953 006 0
12 Henrique Brasileiro Marsch Racing NF1 NF1 1:24.278 0:00.959 007 0
13 Mohamad Mourad Sinister Project NF1 NF1 1:24.363 0:01.045 008 0
14 Alexandre Santos FireHorse Racing NF1 NF1 1:24.373 0:01.054 008 0
15 Fabio Muniz Marsch Racing NF1 NF1 1:24.604 0:01.285 007 0
16 Felipe Giro Pegoraros Racing NF1 NF1 1:24.628 0:01.310 006 0
17 Thiago Barbosa Sinister Race Team NF1 NF1 1:25.108 0:01.789 003 0
18 Wagner Vezzali eXtreme Unicef NF1 NF1 1:25.456 0:02.137 005 0
19 Victor Auad Fly Racing 2 NF1 NF1 1:25.475 0:02.155 006 0
20 Eduardo Marques Potatoes Racing NF1 NF1 1:26.160 0:02.842 006 0
21 Vinicius Vianna Scuderia Maserati NF1 NF1 1:26.578 0:03.259 005 0

Resultado da corrida:

Pos Driver Team Car Class Time Gap Laps Points Race%
1 Armando Gones Pegoraros Racing NF1 NF1 58:12.300 -:–.— 040 66 100
2 Tiago Carvalho FireHorse Racing NF1 NF1 58:12.856 0:00.555 040 57 100
3 Romulo Silveira Sinister Race Team NF1 NF1 58:25.085 0:12.784 040 50 100
4 Glauco Pessi Marsch Team NF1 NF1 58:27.390 0:15.088 040 45 100
5 Rodrigo Laurito FireHorse Racing NF1 NF1 58:39.905 0:27.604 040 41 100
6 Igor Cesar WR Racing NF1 NF1 59:01.472 0:49.171 040 39 100
7 Beto Feler Fly Racing NF1 NF1 59:04.740 0:52.438 040 35 100
8 Wagner Vezzali eXtreme Unicef NF1 NF1 58:23.006 + 1 Laps 039 32 98
9 Eduardo Marques Potatoes Racing NF1 NF1 58:49.072 + 1 Laps 039 29 98
10 Wesley Rocha WR Racing NF1 NF1 59:11.448 + 1 Laps 039 26 98
11 Fabio Muniz Marsch Racing NF1 NF1 DNF + 3 Laps 037 18 92
12 Mohamad Mourad Sinister Project NF1 NF1 59:17.044 + 3 Laps 037 20 92
13 Alexandre Santos FireHorse Racing NF1 NF1 Suspension + 7 Laps 033 12 82
14 Rodrigo Figueira Marsch Team NF1 NF1 DQ + 7 Laps 033 9 82
15 Marcio Abduch eXtreme Unicef NF1 NF1 DNF + 23 Laps 017 0 42
16 Felipe Giro Pegoraros Racing NF1 NF1 DNF + 24 Laps 016 0 40
17 Thiago Barbosa Sinister Race Team NF1 NF1 Suspension + 25 Laps 015 0 38
18 Victor Auad Fly Racing 2 NF1 NF1 DNF + 35 Laps 005 0 12
19 Vinicius Vianna Scuderia Maserati NF1 NF1 Suspension + 37 Laps 003 0 8
20 Rafael Santucci Scuderia Maserati NF1 NF1 Suspension + 39 Laps 001 0 2
21 Vagner Souza Fly Racing NF1 NF1 DNF + 40 Laps 000 0 0

Penalizações:
Beto Feler
1.9.3 Mudar o traçado de forma repentina e inesperada: Acréscimo de 20 segundos
1.39 Incidentes ocorridos na primeira volta terão peso dobrado (x2)
Volta 01 / 0:06

Assista o VT completo da etapa:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: