Skip to content

Lopes: o (im)provável campeão


Lopes vence em Córdoba e fatura Título, Sinister é campeã por Equipes

Créditos: Sinister Race Team

Créditos: Sinister Race Team

Sem Guido Seelig no início da temporada, e com um bi-campeonato por equipes, contando com a ascensão de Rodrigo Lisowski a cada corrida, a excelente contratação de Michel Araújo e mantendo Jorge Cavalli, a Shadow largava como favorita no início da temporada.

Seria o tri da equipe que logo em Interlagos, primeira etapa já sonhava com a manutenção do caneco? Sabia que teria trabalho duro principalmente com Acebedo e a Insanox que mostraram força no final da temporada anterior e com outros pilotos rápidos como Marcos Riffel (Snow Schatten), e Gustavo Frigotto, porém a história começou a se desenhar de forma diferente quando um piloto da equipe B da Sinister (Project) faltou logo na estreia, como medida paliativa para contornar o furo e não deixa a equipe na mão foi chamado as “pressas”, para ajudar, para compor o grupo, o piloto de Fórmula Leonardo Lopes.

A projeção do campeonato se alteraria radicalmente, e os analistas de plantão já rasgavam suas projeções, pois aquele que veio para ser coadjuvante assumiria o papel de protagonista e  que era pra ser apenas uma corrida e duas baterias se tornaria um campeonato novo e um novo desafio para Lopes. Luiz Henrique não assumira mais o cockpit e Lopes fora efetivado na vaga.

Dali por diante Lisowski, e Lopes travariam um longa batalha com ingredientes dignos de roteiro de filme , o mesmo ocorrendo na disputa por equipes quando lopes deu mais um passo importante assumindo a vaga de Júlio Cezar, que abandonava o campeonato por problemas particulares, na equipe principal e ajudando na batalha ponto a ponto com a Bi-Campeã.

Córdoba foi o palco da final, o veloz traçado, trouxe um surpresa na Pole Position, Wellington Gandin (Insanox) fez a volta mais rápida e largaria da frente do pelotão.

Lado a Lado e em estratégias diferentes no circuito argentino encontravam-se Lisowski e Lopes, e mais a presença de Diego Acebedo que lutava pela terceira posição.Com um erro na largada de Gandin e a prudência de Campeão de Lopes Lisowski e Acebedo partiram na primeira metade da corrida para a vitória.

Quando começou a janela de paradas as escolhas foram fundamentais para trazer Lisowski na primeira posição com apenas dois pneus trocados, Lopes vinha na segunda posição e Acebedo sofria para recuperar espaço depois de pegar intenso tráfego.

Sofrendo com o pneus e não tendo como suportar a pressão Lopes ultrapassou seu maior rival e venceu a corrida enquanto Acebedo subiu ao pódio e garantiu a terceira posição geral.

O resultado final da etapa foi um reflexo do resultado final do campeonato, com os três melhores ao final do campeonato no pódio.

Ao fim Lopes faturaria a vitória da corrida e seria o O (im)provável campeão de um campeonato que nem sequer constava nos planos do piloto.

Por equipe a Sinister Race Team aplicou o troco na Shadow Racing que na sexta-feira havia conquistado o título da TN2 de forma apertada, faturando o título da TN1 por apenas 07 pontos de vantagem, foram 943 para a equipe Rubro-Negra contra 936 para a equipe Alvi-Negra.

Com 04 títulos por equipes na temporada a Sinister Race Team sai como maior vencedora, faturando além da TN1, a IN1, a FN2 e a NF1. A Snow Schatten faturou 03 títulos todos em fórmula FN1, FN3 e FNe, a Shadow Racing faturou o título da TN2 e a Insanox ficou com o título da GT2.

Etapa 07 – Cordoba

Track: Etapa 07 – Cordoba

Date: 03/05/2015 21.59.00
DownloadLink: Here
DateTime Session Winner Best Lap
03/05/2015 21.59.00 RACE Leonardo Lopes 1:10.061
04/05/2015 21.59.00 QUALIFY Wellington Gandin 1:09.580

Etapa 07 – Cordoba:RACE

Pos Driver Team Car Class Time Gap Laps Points Race%
1 Leonardo Lopes Sinister Race Team Chevrolet Chevrolet 01:00:04.689 -:–.— 050 125 100
2 Rodrigo Lisowski Shadow Racing Peugeot Peugeot 01:00:06.841 0:02.152 050 109 100
3 Diego Acebedo Insanox Sport Race Chevrolet Chevrolet 01:00:13.014 0:08.326 050 97 100
4 Michel Araujo Shadow Racing Peugeot Peugeot 01:00:30.794 0:26.106 050 85 100
5 Wellington Gandin Insanox Sport Race Chevrolet Chevrolet 01:00:48.464 0:43.776 050 77 100
6 Diogo Moreno Sinister Race Team Chevrolet Chevrolet 01:00:50.242 0:45.554 050 71 100
7 Gean Celso Sinister Race Team Chevrolet Chevrolet 01:01:17.235 1:12.546 050 65 100
8 Everson Teixeira Storm Shadow Peugeot Peugeot 01:01:32.268 1:27.579 050 59 100
9 Helber Santos Sinister Race Team Chevrolet Chevrolet 01:00:20.022 + 1 Laps 049 53 98
10 Rhanan Gomes Marsch Team Chevrolet Chevrolet 01:00:39.489 + 1 Laps 049 47 98
11 Kaio Moraes Insanox Sport Race Chevrolet Chevrolet 01:00:55.474 + 1 Laps 049 41 98
12 Jorge Cavalli Shadow Racing Peugeot Peugeot 01:00:23.664 + 2 Laps 048 35 96
13 Neto Vidal Sinister Project Chevrolet Chevrolet 01:00:24.072 + 3 Laps 047 29 94
14 Edgar Montelo Team Schnell Chevrolet Chevrolet 01:01:10.191 + 3 Laps 047 23 94
15 Pablo Gomes Insanox Race Team Peugeot Peugeot Suspension + 5 Laps 045 12 90
16 Romeu Costa Romeu Racing Chevrolet Chevrolet DQ + 16 Laps 034 10 68
17 Leandro Craveiro Sinister Project Chevrolet Chevrolet Accident + 23 Laps 027 8 54
18 Everaldo Castro Marsch Team Chevrolet Chevrolet DNF + 40 Laps 010 0 20
19 Brunno Barros Team Schnell Chevrolet Chevrolet DNF + 42 Laps 008 0 16
20 Fabio Velloso Marsch Team Chevrolet Chevrolet DNF + 50 Laps 000 0 0

Ték's quadriculado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: