Skip to content

2 Etapas… 2 Equipes… 2 Vencedores


Igor César vence etapa alemã e assume liderança; Bryan Halmesnchlager termina em segundo; Marcelo Becker leva Marsch ao primeiro pódio.

Mesmo com somente duas etapas, a Formula N1 da NeoBR já apresentou uma rivalidade que deve prevalecer até o final da temporada. O duelo entre Shadow e Snow Schatten marcou a primeira etapa e agora voltou a se repetir em Hockenheimring. Mas ao contrario da etapa britânica, a disputa pela vitória não ficou entre Lucas Alves (Snow Schatten) e Ricardo Durães (Shadow). Igor César (Shadow) reinou absoluto e venceu a etapa se esquivando dos acidentes. Bryan Halmenschlager (Storm Shadow) fez uma corrida de recuperação em um ritmo alucinante e conquistou o segundo lugar. Fechou o pódio, Marcelo Becker, trazendo a Marsch ao pódio em sua temporada de estreia e mostrando a força da equipe “novata”.

Durante o Q1, Durães cravou o melhor tempo, sendo seguido por Alves, Reynaud (Shadow), Giro (Snow Schatten), Igor, Leonardo (Snow Schatten), Bryan (Storm Shadow), Imolesi (Virtual Fuel Experience), Becker e Abduch (eXtreme Unicef). Os 10 mais rápidos então partiram para os 10 minutos do Q2 em busca da super-pole. Quem iniciou a frente foi Igor, que logo com 3 minutos cravou o tempo mais rápido. Mas o tempo foi superado por Giro restando 4 minutos para o final do treino. E assim se manteve até o final. Terminado o Q2, a disposição era a seguinte: Felipe Giro, Ricardo Durães, Lucas Alves, Igor César, Leonardo de Souza, Bryan Halmenschlager, Carlos Reynaud, Leonardo Imolesi, Marcio Abduch, Marcelo Becker, Rafael Santucci (Scuderia Maserati), Vinicius Vianna (Scuderia Maserati), Neto Vidal (Nordesteam 100Limite), Breno Augusto (Marsch), Wallace Darienço (Virtual Fuel Experience), Marcelo Fongaro (Pitbull), Marcelo Cosme (Pitbull), Walter Borges (Storm Shadow), Cássio Sauer (0km) e Rafael Sylva (Nordesteam 100Limite).

Segundos antes da largada, uma enorme baixa para a Snow Schatten. Giro cai durante a virada de sessão. Já na largada, Durães tracionou mal e acabou perdendo a ponta herdada para Alves. Durães tenta retomar a ponta na reta oposta e mergulha no Harpin, mas o jovem piloto do time tricolor mantem a dianteira. A luta persiste e os pilotos dividem a Curva 7 e se encaminham para a freada da Mercedes. Os pilotos acabaram espalhando para a área de escape e Igor e Leonardo se beneficiam do enrosco. Imolesi também vinha ganhando posições, mas acabou escorregando na Mobil 1, proporcionando um 3-Wide até a entrada da Sachs entre ele, Reynaud e Bryan. O piloto da Shadow sai a frente, seguido por Bryan e Imolesi.

Na tentativa de assumir a ponta, Leonardo pressiona Igor no Harpin, mas acaba escorregando na saída e perdendo muitas posições. Alves pressionava Durães e na freada para a Curva 2 acabou tocando o adversário da Shadow e perdendo a asa dianteira. Durães não saiu ileso e aparentemente tinha problemas que causaram uma escapada de forma estranha na reta oposta. A Shadow ainda passou por maus momentos, pois além do problema de Durães, Reynaud também perdeu a asa dianteira em um contato com Igor na Curva 4. Alves vinha tentando se recuperar, mas uma escapada, seguida de uma violenta batida na Curva 10 acabou ocasionando o abandono do piloto da Snow Schatten.

Passados os 10 minutos iniciais, os incidentes cessaram e as disputas começaram de forma intensas. Becker pressiona e passa Imolesi. Abduch tenta a ultrapassagem sobre Augusto no Harpin, mas toma o troco na pequena reta até a Curva 7. Alguns pilotos vinham em corrida de recuperação devido aos incidentes das primeiras voltas. Reynaud era um deles e passados 15 minutos do inicio, superou Cosme na Curva 2. Becker vinha tentando utilizar ao máximo os compostos e acabou escorregando na saída do Harpin e perdendo posições. Já Imolesi, com pneus novos superou o companheiro Darienço.
Disputas eram vistas em todos os pelotões. Reynaud passa Abduch na Reta Oposta e na mesma tomada Leonardo supera Augusto no Harpin. Bryan fez sua parada e voltou neste pelotão. Se valendo da melhor condição dos pneus, Bryan superou Abduch e Darienço na Reta Oposta e por pouco não tocou Reynaud na freada para o Harpin. Darienço vinha se concentrando em fazer uma única parada, mas acabou escapando na Mercedes, sendo superado pelos adversários. Bryan seguia em busca do tempo perdido por conta de um erro antes da parada dos boxes e próximo aos 30 minutos de prova, supera Reynaud na Curva 10. Augusto também não estava afim de perder terreno, e ultrapassou Leonardo na Mercedes.

Novamente Imolesi estava em uma tática diferente dos demais, fazendo pernas mais longas. Becker tentou ultrapassar o piloto da Virtual Fuel na Mercedes, mas toma o troco na Curva 10. Mas com os pneus desgastados Imolesi escapa na Curva 2 e o piloto da Marsch supera o adversário. Bryan novamente voltou no meio da confusão após sua parada, e tratou de ir abrindo caminho. O piloto da Storm Shadow superou Imolesi na pequena reta entre o Harpin e a Curva 7. Abduch também superou o piloto da VFE no Harpin a 27 minutos para o final. Imolesi acabou abandonando após uma batida na saída do Harpin, se somando a Alves, Fongaro, Sauer e Borges.

Os 10 minutos finais foram recheados de disputas, começando com a ultrapassagem de Reynaud sobre Augusto na Curva 2. Reynaud estava mesmo afim de angariar novos postos, mas acabou esbarrando em Leonardo quanto tentou fazer a ultrapassagem no Harpin e acabou levando o X. A outra Shadow, de Durães, também vinha abrindo caminho. Mas a Marsch de Augusto se mostrou um páreo duro para o atual campeão. A 6 minutos do fim, quando tentou superar no Harpin, Durães colocou lado a lado com Augusto na reta, mas teve que recolher. Na volta seguinte uma ultrapassagem dupla no mesmo Harpin. Reynaud passou Leonardo e Durães superou Augusto. Mesmo restando um minuto para o final, Durães seguia buscando espaço e superou Leonardo. O tempo já estava esgotado, mas ainda sobrou tempo para Bryan ultrapassar Becker, que escorregou na saída do Harpin, perdendo a segunda colocação.

Já na coletiva, Becker disse que foi uma corrida sofrida e ressaltou o tempo de treinamento para a corrida. “Bobeei 2 vezes, dava para lutar pela vitória“, concluiu o piloto da Marsch. Já Bryan destacou que teve sorte ao escapar do enrosco na primeira volta, mas também disse que os erros que cometeu ao longo da etapa. “Estava sem ritmo, mas o segundo lugar veio em boa hora.“ Por fim, Igor foi econômico nas palavras e se limitou a dizer que fez uma boa classificação. O piloto da Shadow ainda disse que se concentrou em não errar e buscou manter o ritmo.

Os pilotos saem de Hockenheimring para o travado Hungaroring. Em uma pista que conhecidamente não há pontos de ultrapassagem, curiosamente viu a maior ultrapassagem de todos os tempos da F1. Resta saber se os pilotos da F-N1 também farão história no travado carrossel húngaro.

Texto: Vinicius Vianna

Confira o VT

Resultado da Etapa

Classificação em Link

Pos Driver Team Car Class Time Gap Laps Points Race%
1 Igor Cesar Shadow Racing FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:37.310 -:–.— 046 63 100
2 Bryan Halmenschlager Storm Shadow FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:44.414 0:07.104 046 54 100
3 Marcelo Becker Marsch Team FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:49.879 0:12.570 046 47 100
4 Marcio Abduch eXtreme Unicef FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:54.137 0:16.828 046 42 100
5 Carlos Reynaud Shadow Racing FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:54.974 0:17.665 046 38 100
6 Ricardo Duraes Shadow Racing FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:56.415 0:19.106 046 36 100
7 Leonardo de Souza Snow Schatten Racing Team FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:58.638 0:21.328 046 32 100
8 Breno Augusto Marsch Team FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:01:07.624 0:30.315 046 29 100
9 Wallace Darienco Virtual Fuel Experencie FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:00:48.316 + 1 Laps 045 26 98
10 Rafael Sylva NordesTeam100Limites FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:01:53.825 + 1 Laps 045 23 98
11 Marcelo Cosme Pittbull Racing FN1 T1 2014 FN1 T1 2014 01:00:53.210 + 2 Laps 044 20 96
12 Neto Vidal NordesTeam100Limites FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:01:07.672 + 2 Laps 044 17 96
13 Rafael Santucci Scuderia Maserati FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 DNF + 5 Laps 041 12 89
14 Vinicius Vianna Scuderia Maserati FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 01:01:09.269 + 5 Laps 041 11 89
15 Leonardo Imolesi Virtual Fuel Experencie FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 0:20.000 + 18 Laps 028 8 61
16 Cassio Sauer 0km Racing FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 DNF + 30 Laps 016 0 35
17 Lucas Alves Snow Schatten Racing Team FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 0:25.000 + 42 Laps 004 2 9
18 Marcelo Fongaro Pittbull Racing FN1 T1 2014 FN1 T1 2014 Suspension + 45 Laps 001 0 2
19 Walter Borges Storm Shadow FN1 T2 2014 FN1 T2 2014 Suspension + 46 Laps 000 0

Análises de Protestos

Artigo 1.2 Contato Lateral com danos ao adversário, forçando ultrapassagem ou fornecendo situação danosa: acréscimo de 25 segundos no tempo final de prova e perda de 1 a 5 posições no grid de largada da próxima etapa ;

Volta 3 – Lucas Alves 5 posições no grid de largada da próxima etapa

Artigo 1.9 Conduzir de forma incorreta e perigosa: acréscimo de 20 segundos no tempo final de prova;

Volta 29 – Leonardo Imolesi

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: