Skip to content

Em grego strateegia, em latim strategi, em francês stratégie…


A NEOBR IndyCar N1 retornou às atividades na última terça-feira (17) no circuito americano de Barber. E o que se viu na pista foi um show de disputas e ultrapassagens. Em uma corrida de altíssimo nível, Leonardo de Souza deu o bote e venceu a corrida na base da estratégia, seguido de Lucas Periotto, que viveu uma montanha russa durante a prova, e Nathan Marchon.

Tudo começa na sessão classificatória quando Periotto pulverizou seus adversários marcando o tempo de 1:03.908, sendo o único piloto a entrar na casa de 1min3seg. Logo atrás, vieram Edilson Carneiro da Morredores VRT, Sergio Rodrigues da Sinister, Higo Jefferson também da Morredores e Leonardo de Souza da Snow Schatten.

Na largada, Periotto não traciona bem e Edilson Carneiro assume a liderança da corrida. No fim do pelotão, Edgar Horst Jr não consegue passar ileso e escapa da pista, retornando logo a seguir. Com Periotto tendo que se defender de Sergio Rodrigues, Edilson Carneiro aproveita para imprimir um ritmo avassalador durante o início da corrida, colocando 4 segundos de diferença para o piloto da Pro Drivers, até que a primeira bandeira amarela da noite entra em ação na volta 3, após a rodada de Alex Couri.

A relargada é dada na volta 5 e Periotto tenta recuperar a primeira posição partindo para cima de Carneiro, que suporta bem a pressão e não cede. Na volta 7, Michael Teichmann vai para os boxes após perder a asa dianteira. Mais atrás pela quarta colocação, Leonardo de Souza e Higo Jefferson batalham ferozmente por três voltas até a entrada da segunda bandeira amarela da noite na volta 12.

Apostando em uma nova estrategia, Leonardo de Souza, Higo Jefferson e vários outros pilotos entram nos boxes para troca de pneus e reabastecimento, deixando apenas os três primeiros na pista. Na volta seguinte, Carneiro, Periotto e Rodrigues resolvem alterar a estratégia também, mas já era tarde e os pilotos caem para o fim do pelotão, com Leonardo de Souza assumindo a liderança, seguido por Higo Jefferson. Esse acontecimento seria fundamental para o andamento da corrida.

Com a relargada na volta 15, Periotto, Rodrigues e Carneiro são obrigados a partir para o ataque para recuperar o prejuízo. Porém a travada pista de Barber não ajuda muito e Edilson Carneiro acaba cometendo um erro na primeira chicane, rodando e caindo para décimo-quinto. Na volta 17 a terceira bandeira amarela da noite é agitada quando Diogo Moreno e Lucas Periotto rodam no começo do terceiro setor.

Relargada na volta 20 e dessa vez um stint mais longo de bandeira verde possibilitando várias disputas na pista. O long run é novamente interrompido após mais uma rodada de Lucas Periotto, que dessa vez também levou Edilson Carneiro na volta 29.

Aproveitando-se da bandeira amarela, os líderes fazem a sua última parada na volta 30, deixando apenas Sergio Rodrigues na pista. O piloto da Sinister resolveu arriscar uma estratégia diferente dos demais.

Relargada na volta 32 e Sergio Rodrigues com menos combustível no tanque dispara na liderança, seguido de Leonardo de Souza que seguia fortemente pressionado por Higo Jefferson da Morredores VRT. Mais atrás, Lucas Periotto e Edilson Carneiro ainda continuavam na sua árdua batalha de recuperar o tempo perdido.

Na volta 39, Sergio Rodrigues enfim faz a sua última parada, caindo para o final do pelotão. Os pneus começam então a ser um fator decisivo no final da corrida. Rodrigues que então tinha feito a sua parada, imprime um ritmo avassalador em cima dos seus oponentes, fazendo uma recuperação genial no fim da corrida. Mais a frente, Fabio Neris foi o primeiro a dar adeus as chances de pódio ao estourar o seu pneu no finalzinho da etapa. Na última volta, quando tudo então parecia estar decidido, Higo Jefferson fica sem pneus e perde o segundo lugar para o incansável Lucas Periotto, seguido de Nathan Marchon que também deu o bote no piloto da Morredores. Na liderança, Leonardo de Souza que soube administrar o seu equipamento, cruza a linha de chegada com mais de 7 segundos de vantagem para o segundo colocado.

Sergio Rodrigues, que estava de calçados novos no fim da prova,  completou em quarto, seguido de Bernardo Schimitt que foi o quinto.

A próxima etapa da NEOBR IndyCar N1 será no dia 1 de julho, no lendário circuito de Mid-Ohio.

Confira o VT

Confira o resultado da Etapa

pelo Link

os Name Team Points Gap Starts Poles Wins Podiums
1 Leonardo de Souza Snow Schatten Racing Team 63 0 1 0 1 1
2 Lucas Periotto Pro Drivers 55 8 1 1 0 1
3 Nathan Marchon Sinister 47 16 1 0 0 1
4 Sergio Rodrigues Sinister 43 20 1 0 0 0
5 Bernardo Schimitt Snow Schatten Racing Team 38 25 1 0 0 0
6 Carneiro Edilson Morredores VRT 35 28 1 0 0 0
7 Higo Jefferson Morredores VRT 32 31 1 0 0 0
8 Leandro Tiossi Pro Drivers 29 34 1 0 0 0
9 Diego Said Black Wings FSW 26 37 1 0 0 0
10 Algrans Junior Black Wings FSW 23 40 1 0 0 0
11 Fabio Neris Sinister 20 43 1 0 0 0
12 Renan Lopes Sinister 2 17 46 1 0 0 0
13 Gabriel Lucatto Kemba Snow Schatten 12 51 1 0 0 0
14 Larcio Medina Pro Drivers 0 63 0 0 0 0
15 Eliano Costa Morredores VRT 2 0 63 1 0 0 0
16 Carneiro Eduardo Morredores VRT 2 0 63 1 0 0 0
17 Diogo Moreno Snow Schatten Racing Team 0 63 1 0 0 0
18 Michael Teichmann Kemba Snow Schatten 0 63 1 0 0 0
19 Edgar Horst Jr 0km Racing 0 63 1 0 0 0
20 Rafael goncalves Black Wings Roldpex 0 63 1 0 0 0
21 Childerico Robson Marsch Team 0 63 1 0 0 0
22 Alex Couri AC-ARQ AVteam 0 63 1 0 0 0

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: