Skip to content

Começo de nova temporada na NEOBR com o iRacing


Depois de uma 1ª temporada que agradou os participantes, a NEO volta agora com a GT3, colocando na pista os 3 carros da mesma categoria, a nova BMW Z4, lançada recentemente pelo iRacing, a Mclaren Mp4-12c e o Ruf Track que continuou no grid da categoria.

E pra começar com pé direito a 2ª temporada, 33 inscritos sendo que 27 participantes alinharam para a primeira disputa do calendário.

Então para o 1º round da série, as equipes foram desembarcar seus bólidos em Phillip Island na Austrália.
Pilotos da 1ª temporada estavam de volta e pilotos novos também apareceram para a disputa.

As equipes também estavam de volta, e algumas com reforços, que foi o caso da MIG Motorsport que trouxe o rápido e experiente Pedro de Oliveira, para formar um time de peso com Willian Trajano, Daniel Mortari, Marcos Vescovi, Emersom Silva e Fábio Andreaza.
Outras mudanças também aconteceram, Alessandro Silva que defendia as cores da MIG na temporada passada, mudou de casa e agora compõe a equipe da Race Weekend, junto com Alex Belão, Antônio Santos Jr e Anderson Mota.

A Shadow Racing por sua vez, trouxe novamente Eduardo Bomfim e agora com Carlos Barreto ao seu lado e Anderson Garcia. A Sinister também trouxe pilotos experientes, Gean Celso, Júlio Cézar, Carlos Guimarães, Fernando Siggelkow, Carlos Duarte e Leandro Craveiro.
Já a Alliance Sky, veio com Takeo Goda, Daniel Buck e Diego Freitas que se junta para formar o trio.
Pela OGP também pilotos experientes, Rafael Bonifácio e Luciano Zanetti.

Já Pedro Delgado, Raphael Sabará e Gilson Rodrigues correram sem equipes até o momento.

Na pista, o que se viu foi muita vontade dos pilotos, já para a qualificação que é aberta, todos vão para a pista juntos, então a salada é feita e com um ingrediente à mais, já que para conseguir um bom tempo dentro dos 10 minutos de qualificação, é preciso negociar muitas vezes e de estratégia para pegar pista limpa.

E com isso Mota se deu bem, conseguindo largar na frente na 1ª etapa, trazendo com ele, Belão, Silva e Pedro de Oliveira para fechar a 2ª fila.

Após a bandeira verde, Pedro de Oliveira largou bem e atacou tanto Belão quanto Silva, com isso Silva se deu bem e tomou a 2ª posição de Belão, que também perderia a 3ª posição para Oliveira.

Sem incidentes na largada, os 26 participantes passaram ilesos pela 1ª volta.

Silva seguia pressionando Mota e Belão por sua vez atacando Oliveira!

Pela 10ª posição 5 carros disputavam espaço, andando sempre muito próximos e proporcionando belas disputas. Em uma delas, Carlos Duarte aproveita um pequeno erro de Diego Freitas e faz bela ultrpassagem assumindo a 10ª posição.

Também pela 15ª posição, 6 carros brigavam para assumir o posto!

Com pelo menos 2 paradas previstas, A RW foi cedo para os boxes e Mota reassumiu a 1ª posição perdida para Silva, com um trabalho muito melhor nos boxes, Mota ainda sairia na frente também na 2ª parada, mesmo errando o seu local de pit Stop.

Belão que fez também estratégia diferenciada, por muito pouco não toma o lugar de Silva nas últimas voltas.
O campeão da 1ª temporada, mostrou que está afiado para buscar o bi-campeonato e foi o mais rápido em pista anotando a melhor volta da corrida.

Quem se deu muito bem na etapa foram, Carlos Guimarães e Rafael Bonifácio! Bonifácio que largando de 11º, conseguiu um ótimo resultado na 5º posição final, se livrando de enroscos! Guimarães também obteve um ótimo resultado colocando sua Sinister na 4ª posição.

Quem não teve muita sorte foi Takeo Goda, que vinha pela 9ª posição e sofreu com problemas no equipamento, Barreto acabou se envolvendo em incidente e foi obrigado a abandonar! Outras baixas também foram sentidas, tirando da prova, Antônio Santos, Raphael Sabará, Gilson Rodrigues, Gean Celso e Júlio Cézar.

A próxima etapa, acontece ainda em terras Australianas e no traiçoeiro circuito de Mount Panorama.

Confira o VT da Etapa

Confira abaixo o resultado oficial de etapa:

Em Leagues

Pos Member Name Wins Avg Start Avg Finish
1 Anderson Mota 1 1 1 3
2 Alessandro Silva 0 3 2 1
3 Alex Belao 0 2 3 2
4 Carlos Guimaraes 0 6 4 1
5 Rafael Bonifacio 0 11 5 1
6 Marcos Vescovi 0 8 7 5
7 Carlos Duarte 0 10 8 5
8 William Trajano 0 29 28 25
9 Diego Freitas 0 26 12 13
10 Pedro de Oliveira S 0 4 6 -15
11 Diego Said 0 23 13 7
12 Leandro Craveiro 0 13 11 -3
13 Anderson A Garcia 0 19 14 3
14 Daniel Buck 0 17 10 -11
15 Fernando Siggelkow 0 12 15 1
16 Fabio Andreaza 0 21 16
17 Gean Celso 0 25 27
18 Luciano Zanetti 0 9 19
19 Ricardo Inacio 0 30 29
20 Antonio Santos Jr 0 5 25
21 Daniel Mortari 0 16 9 -25 5
22 Emerson Silva 0 15 17
23 Julio Cezar Costa 0 20 23
24 Takeo Goda 0 7 21
25 Gilson Antonio Rodrigues 0 18 26
26 Eduardo Bomfim 0 24 24
27 Carlos Barreto 0 14 18
28 Raphael R Sabara 0 28 20
29 Pedro Delgado 0 22 22

Protestos

Pedro de Oliveira – Colisão – Volta 35 – Procedente ( Art 1.1 + 25 Seg )
Daneil Buck – Colisão – Volta 33 – Procedente ( Art 1.1 + 25 Seg )
Leandro Craveiro – Colisão – Volta 20 – Procedente ( Art 1.9.3 + 20 Seg )
Daniel Buck – Colisão – Volta 12 – Procedente ( Art 1.1 + 25 Seg )

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: