Skip to content

Em solo Inglês


Gean Celso vence conturbada prova em Silverstone e fatura título; Típico clima inglês foi a sensação da prova

 A terra da Rainha viu nascer um novo rei. Não se trata do filho de Kate Middleton e do príncipe William, mas sim do catarinense Gean Celso (Sinister). Em uma prova irrepreensível, o piloto venceu os adversários e o adverso clima inglês: cinzento e com alguma chuva. De quebra, o piloto da Sinister faturou o campeonato de pilotos. Na segunda colocação, Armando Gones (Snow Schatten) fez mais uma prova de recuperação, saindo de uma longínqua 13º colocação. Fechou o pódio Pedro Delgado (MIG) que soube lidar bem com os momentos da alternância do clima.

Silverstone é um autódromo mais que tradicional, sendo considerado a casa do automobilismo britânico. Tradicional também, quando se fala em Inglaterra, é o clima chuvoso, cinzento que para uns é o charme do velho continente. E associando tantas tradições, o que se viu foi que a chuva veio e trouxe uma dinâmica toda especial a prova. Já na classificação, que começou com a pista molhada, foi possível se ter um resumo do que seria a prova. Com a pista começando a secar, muitos pilotos iam alternando na pole, até que Celso assumiu a pole restando 4 minutos para o final. O piloto da Sinister tentou buscar uma volta mais rápida no final, mas foi impossibilitado pela leve garoa que caiu a 1 minuto do fim

A sessão classificatória terminou assim: Gean Celso, Pábulo Alves, João Gabriel (Snow Schatten), Marcio Abduch (TCA), Geison Alves, Fábio Muniz (TCA), Pedro Delgado (MIG), Felipe Lima (Sinister), Alessandro Silva (MIG), Igor César (TCA), Diego Jacometti (Sinister), Daniel Schmitt (Unl1m1ted Alpha), Armando Gones e Rodrigo Oliveira (Sinister). Na largada uma confusão no parte de trás do grid foi a único incidente na primeira volta. Com a leve chuva e a pista molhada, escapadas como a de Lima na entrada da reta oposta eram naturais. O que se viu logo no início foram diferentes estratégias. Alguns pilotos mais conservadores foram com pneus de chuva, outros, mais ousados, resolveram apostar nos pneus slicks já que a chuva não era intensa.

As diferentes estratégias permitiram que Pábulo fosse mais rápido de Celso no início da prova, o que ocasionou um toque entre os pilotos na Woodcote. Os pilotos espalharam para área de escape, voltaram a prova, mas perderam muitas posições. A liderança ficou com Gabriel, mas o piloto da Snow Schatten teve problemas e perdeu o posto alguns minutos depois. A liderança então ficou com Abduch sendo seguido de perto por Silva, que fizera uma ótima largada e se safara dos percalços a frente.

A chuva ia e voltava pelos 5.891 metros da pista, e em um desses momentos Pábulo passou o irmão e companheiro de equipe Geison na saída da Chapel, se valendo dos compostos para chuva. Celso vinha tentando a recuperação, mas utilizando pneus para pista seca, acabou escapando na Abbey e foi ultrapassado pelos irmãos Alves. Minutos mais tarde foi a vez de Celso buscar nova recuperação depois que a chuva parou e a pista começou a secar, superando Pábulo na Brooklands. Um novo incidente na veloz Copse acabou tirando alguns pilotos da prova. Abduch e Igor abandonaram, se somando a Geison que abandonara momentos antes, depois do acidente entre os companheiros Lima e Oliveira. Com isso, Silva assumiu a liderança no seu debute nos fórmulas. Mas a liderança durou pouco devido a escolha dos pneus. O piloto da MIG foi facilmente superado por Celso com o secar da pista.

Mas a tarefa não era fácil para o piloto da Sinister. Novamente a chuva voltou a cair sobre o autódromo inglês, pegando o piloto desprevenido, o que resultou em nova saída de pista, desta vez na Luffield. Falando em tarefa difícil, é mais que necessário falar de uma briga em especial. Delgado x Goñes ficaram voltas a fio trocando décimos de segundo em sua batalha pessoal. Enquanto isso, em outro embate MIG x Snow Schatten, Gabriel supera Silva na saída da Chapel. No duelo mais à frente, Gones e Delgado escaparam na saída da Arena. O piloto da Snow Schatten tracionou melhor e assumiu a frente, mas logo foi ultrapassado por Delgado quando escorregou na Brooksland. O piloto da MIG só perderia a posição em definitivo minutos depois quando Gones executou bela manobra na Stowe.

A decisão seguia para a última etapa em Spa-Francorchamps, mas Pábulo abandonou a prova, abrindo caminho para o título de Celso. O piloto da Sinister ainda teve tempo de ludibriar o narrador Jesias Meira, ao chamar por diversas vezes o pit nos minutos finais. Mas tudo não passou de um blefe, e o catarinense venceu a etapa, sendo seguido por Gones, Delgado, Jacometti e Schimitt.

Já na coletiva, Delgado disse que esta foi uma corrida divertida e brincou com o fato de ter servido de escudeiro para Celso. Já Gones disse que esta foi uma corrida fantástica e muito intensa. O piloto ainda confessou não ter se achado na classificação e que no final faltou pneu para ir buscar o piloto da Sinister. Celso, concluindo a entrevista, disse que decidiu assumir o risco ao andar de pneus slicks desde o começo da prova. Mesmo as contas apontando para a garantia do título, o piloto prometeu vir forte para última etapa.

E assim a Formula Renault caminha para sua despedida em grande estilo. O circuito de Spa-Francorchamps recebe os bólidos na próxima semana, no dia 12/5 as 21:30, ao vivo pela TV NeoBR. Garantia de disputas tão intensas quanto a subida da Eau Rouge ou o tradicional chocolate belga!

Veja o VT da Etapa

Confira a pontuação da etapa

(clique no ícone abaixo)

puntatore

Epílogo

Prever…atualmente com o que há de mais moderno em tecnologia, cálculos matemáticos possibilitam executar previsões com um alto índice de probabilidade de acerto, a sociedade moderna já se acostumou por exemplo a esperar o “Homem ou Mulher do tempo” para escolher a melhor maneira de sair de casa, os matemáticos conseguem ir mais longe, prevendo desastres naturais ou vitórias certas em campeonatos. Na ciência da estatística, criar probabilidades é algo recorrente, mas quando lidamos com seres humanos sempre existem fatores que não são tão fáceis de ser computados, fatores irracionais que fazem do campeonato, da disputa, algo inigualável e às vezes totalmente imprevisível.

Na Fórmula Renault 3.5, era difícil prever que o campeonato após 7 etapas teria um campeão com uma rodada de antecipação, assim como era impossível prever as nuances, abandonos, problemas de conexão, equipes que entram e saem do campeonato.

Um carro arisco, teimoso, uma física perfeita e afinada e para completar uma etapa imprevisível em Silverstone, válida pela 7ª rodada, a previsão do tempo apontava: “20% de chance de chuva, fiquem tranquilos dificilmente chove e se chover será rápido”, dizia o “Homem do tempo”. A qualificação começou com tempo firme que logo desapareceu quem fez o tempo nas primeias voltas se deu melhor quem deixou pra sair mais para o final não conseguiu baixar o tempo, a exemplo de Armando Goñes largando da 13ª posição. Gean Celso fez a Pole novamente e já previa uma prova de arrepiar!

O piloto que no início do campeonato aparecia em posições intermediárias, fez sua própria previsão e a partir da trágica etapa de Mills Metro Park e a chegada sem asa na primeira posição, Gean Celso passou a protagonista, ao lado de Pábulo Alves, Geison Alves e Filipe Correia. O quarteto catarinense fez jus as previsões de um bom campeonato e de boas etapas.

Gean Celso sai campeão, mas quem ganha é o automobilismo virtual com mais um excelente simulador e com o apoio dos pilotos da categoria!

A previsão indica: “Tempo bom para competições na NEOBR!”

 

4 Comments »

    • Olá Gean,
      O Alessandro Silva é citado nos parágrafos 3 e 4, porém não houve nenhuma citação a mais um abandono do homem DNF. O que vira rotina não é mais notícia…
      Atenciosamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: