Skip to content

Imitando a Sexta-Feira


“Durães mostra a força vencendo (e convencendo) novamente; Internet derruba 4 pilotos de uma vez. Decolagem visual é atração da transmissão”

Parece que Ricardo Durães (Shadow) tomou gosto pela vitória. Depois de passar um ano de jejum, o piloto da equipe alvinegra sobe pela segunda vez seguida no degrau mais alto do pódio, depois de nova prova constante. Em segundo, o tímido Luiz Henrique (Shadow) teve que suar a camisa (ou macacão, como prefiram) para alcançar o posto. O piloto travou uma ferrenha luta nos instantes finais com o atual campeão e terceiro colocado Rafa Souza (Target), que fez uma excelente largada.
O domingo na pacata Spielberg teve a monotonia quebrada perto das 20:30 pelo horário de Brasília. Os monopostos mais rápidos da NeoBR estavam em pista, e a transmissão não estava no ar! Já seria um prenuncio das dificuldades já conhecidas de nosso frágil sistema de telecomunicações? Resolvido os problemas, a TV XTR voltou a atividade, sendo comandada por Bruno Mali, Fernando Alvarenga e Jesias Meira. Infelizmente a classificação foi às escuras… o que já incitava a equipe do pole.
A classificação terminou com a seguinte disposição: Carlos Reynaud (Shadow), Ricardo Durães, Felipe Giro (Snow Schatten), Bryan Halmenschlager (Storm Shadow), Rafa Souza, Leonardo de Souza (Snow Schatten), Luiz Henrique, Igor César (TCA), Tiago Bandeira (Storm Shadow), Pedro França (), Márcio Abduch (eXtreme Unicef), Neto Vidal (NordesTeam 100Limite), Wagner Vezzali (eXtreme Unicef), Marcelo Becker (VBM), Renan Lopes (Target), Geison Alves (Target), Evandro Lopes (NordesTeam 100Limite), Breno Augusto (VBM), Marcelo Fongaro (Pitbull), Fábio Muniz (TCA), Renyr Clarêncio (NordesTeam 100Limite) e Adriano Dino (Raptors Team).
Quando foi dada a largada, Durães logo assumiu a ponta sendo acompanhado por Giro, que por pouco não assume o primeiro posto. Quem aproveitou bem todo o vácuo entra a Castrol Edge (Curva 1) e Remus (Curva 2) foi Rafa Souza. O piloto da Target figurava na segunda posição na Shclossgold (Curva 3). Quem não largou bem foi o pole, Reynaud. Mas o piloto da Shadow começou a recuperação ainda na primeira volta, passando Bryan por fora na Rauch (Curva 4).
A prova transcorria normalmente até que 4 pilotos abandonaram simultaneamente devido a problemas de comunicação. Reynaud, Leonardo, Pedro e Clarêncio sequer chegaram aos 10 minutos de corrida. Neste meio tempo Bandeira perde a asa dianteira na Castrol Edge e tem que trazer seu carro aos boxes iniciando uma corrida de recuperação. Um fato curioso e engraçado também foi logo detectado no começo da etapa. Carros aparentemente “empinando”, foram motivos de várias brincadeiras ao longo da transmissão, principalmente com o energético que dá nome a pista.
A etapa teve várias disputas interessantes. A primeira delas foi entre Muniz e Vezzali. O piloto da TCA superou o adversário na Remus, mas Vezzali se aproveitou do vácuo e passou Muniz na Schlossgold. Os pilotos vem lado a lado até a entrada da Rauch, quando o piloto da equipe esmeraldina contorna melhor e finaliza a disputa na saída da Würth Curve (Curva 5). Infelizmente o novo encontro da dupla terminou com um toque de Muniz em Vezzali, fazendo o piloto da eXtreme Unicef rodar na saída da Schlossgold. Outra bela disputa foi entre Dino e Renan. O piloto da Raptors Team fizera uma exímia largada, ganhado várias posições e já figurava entre os 10 primeiros. O adversário da Target veio decidido e forçou a passagem em um ponto não muito convencional: na descida da Rindt (Curva 7). Os pilotos decidiram a posição na grama, com vantagem para o piloto da equipe alvirrubra.
Rafa e Luiz começaram a disputar a segunda posição antes da metade da prova e assim foram até os minutos finais. Exatamente no meio do tempo previsto, Rafa mergulha na Castrol Edge e passa o piloto da Storm Shadow. Luiz então usa todo o vácuo e tenta por dentro na Remus, mas o piloto da Target, mesmo por fora, mantem a posição, tracionando melhor. Os dois voltariam a disputa minutos depois.
As freadas fortes de Red Bull Ring fizeram algumas vitmas: os freios. Vezzali abandonou com 37 minutos de prova. Igor e Fongaro também, faltando 6 e 8 minutos para o final, respectivamente. Breno também teve um grande susto. Antes da metade da prova, o piloto da VBM passou do ponto na Rindt, escapou e bateu forte. Para sorte do piloto a batida foi no muro que separa os boxes da pista, encurtando o percalço de uma volta toda com o carro avariado.
Um novo embate entre Target e Storm Shadow. Novamente Rafa e Luiz. Rafa tentou passar Luiz na Remus, mas tomou um lindo X do piloto da Shadow. Na tentativa por fora do piloto da Target na Schlossgold, Luiz manteve a calma e a linha de dentro, garantindo a posição. Já a 7 minutos do fim, Rafa tentou novamente na Remus, só que desta vez por fora. Novamente o “veterano mais novo” manteve a posição. Na freada da curva 3 no entanto, Luiz passou do ponto, escorregou e perdeu a posição para Rafa. Quando tudo parecia definido, o piloto da Storm Shadow passa novamente o Jato Italiano e assume a segunda colocação a dois minutos do final da prova.
Já na coletiva, que não contou com a presença de Luiz, Rafa disse que apesar de boa, não foi o resultado que o piloto esperava. O piloto admitiu não ter como acompanhar Durães e tentou ousar na estratégia de duas paradas para superar Luiz. Já Durães agradeceu a todo o time da Shadow pelo excelente desenvolvimento do carro.
E este foi o resumo da ópera. Ao final, Alvarenga ainda colocou a dúvida no ar: Quem para Durães? Da Áustria ao Canadá, muitos quilômetros rodados e muitas ideias no ar. Quem sabe, aproximar um certo Muro dos Campeões seja a solução para frear o piloto da Shadow.

Texto: Vinicius Vianna

Confira o resultado da Etapa

(Clique no ícone abaixo)

puntatore

Penalizações

1.9.4 Alterar o traçado por mais de uma oportunidade durante disputa de posição;

Marcio Abduch Volta 39 (+20seg)

Top 5 Pilotos

Pos Name Team Points Gap Starts Poles Wins Podiums
1 Ricardo Duraes Shadow Racing 129 0 2 1 2 2
2 Rafa Souza Target Racing 94 35 2 0 0 2
3 Bryan Halmenschlager Storm Shadow 92 37 2 0 0 1
4 Luiz Henrique Shadow Racing 92 37 2 0 0 1
5 Renan Lopes Target Racing 50 79 2 0 0 0

Top 5 Equipes

Pos Name Points Gap Starts Poles Wins Podiums
1 Shadow Racing 222 0 6 2 2 3
2 Target Racing 153 69 6 0 0 2
3 Storm Shadow 121 101 3 0 0 1
4 Snow Schatten Racing Team 98 124 5 0 0 0
5 eXtreme Unicef 65 157 3 0 0 0

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: